ENTRAR
x
Por favor preencha o seu email
Por favor preencha a sua password
Password e/ou email inválidos
Entrar com GOOGLE
0
Escolha uma categoria
PERGUNTA
178
INFORMAÇÃO
2692
EVENTOS
30
VALÊNCIAS
1419
SERVIÇOS
4957
PRODUTOS
26
CONSULTORES
88
INFOGRÁFICOS
ATIVIDADES
INFORMAÇÃO
5 benefícios de um diagnóstico precoce de demência
O que fazer se suspeitar que a pessoa tem algum tipo de demência?
Se a pessoa idosa estiver a comportar-se de maneira estranha ou a mostrar sinais de comprometimento cognitivo, como problemas de memória ou julgamentos pobres, pode a demência estar presente.

É um pensamento assustador, mas é importante enfrentar esses medos e fazer com que eles sejam submetidos a um exame médico completo e a um diagnóstico adequado.

Se os sintomas semelhantes à demência forem causados por uma condição médica tratável, os idosos podem receber tratamento adequado e recuperar as suas vidas mais rapidamente.

Se os sintomas são causados pela demência, obter um diagnóstico específico o mais cedo possível dá a todos tempo para avaliar as opções de tratamento, planear o futuro e encontrar apoio e recursos.



INFORMAÇÃO
5 benefícios de um diagnóstico precoce de demência

1. Pode não ser demência.
Sinais de memória ou problemas cognitivos nem sempre significam que alguém tem demência.

Existem muitas condições de saúde tratáveis que causam sintomas semelhantes a demência, como infeção do trato urinário (ITU), hidrocefalia por pressão normal, delírio ou efeitos colaterais dos medicamentos.

Se a pessoa idosa não for ao médico para um exame físico completo, não saberá o que está a causar os sintomas e não receberá a ajuda de que precisa.

2. Maximizar os benefícios dos tratamentos disponíveis.
Um diagnóstico precoce da doença de Alzheimer ou a deteção de demência significa que o tratamento pode começar imediatamente.

Medicamentos e mudanças no estilo de vida geralmente são mais eficazes nas fases iniciais e podem reduzir ou retardar o aparecimento de sintomas mais graves.

3. Ter tempo para planear o futuro.
Obter um diagnóstico específico dá à pessoa idosa o controlo sobre o seu próprio futuro.

Caso ainda tenham boa função cognitiva, podem tomar decisões importantes sobre os seus futuros cuidados e finanças, bem como, escolher alguém para ser o seu “tutor”.

Eles também poderão partilhar os seus desejos de fim de vida. Dessa forma, todos os envolventes não terão que adivinhar, nem se preocupar a discutir sobre o que acham que eles queriam quando chegar a hora.

4. Realizar sonhos antes que os sintomas se tornem muito graves
Com um diagnóstico precoce demência, os idosos ainda terão tempo para trabalhar a sua "lista de desejos", realizando sonhos enquanto ainda podem.

5. Obter suporte e recursos
Quando não sabe o que está a causar comportamentos e sintomas preocupantes, é difícil encontrar suporte e recursos para lidar com o que está a acontecer.

Com um diagnóstico específico, poderá encontrar as informações necessárias para entender e gerir os desafios do dia a dia.



|Fonte: Dailycaring.com|
partilhar linkedin pinterest

Autor
Prime Senior Editor
Categorias
Bem-estar | Comportamentos/ sentimentos | Problemas | Cuidado a idosos | Cuidados | Cuidadores | Envelhecimento | Gerontologia | Idosos
Para comentar deve efetuar login ou registar-se.