Escolha uma categoria
ATIVIDADES
116
PERGUNTA
181
INFORMAÇÃO
5592
CHECKLISTS
27
EVENTOS
34
VALÊNCIAS
1420
SERVIÇOS
4959
PRODUTOS
32
CONSULTORES
89
INFORMAÇÃO
5 Passos para reduzir o risco de AVC
O acidente vascular cerebral (AVC) ou derrame cerebral, caracteriza-se pela interrupção brusca do fluxo de sangue no cérebro, que pode ter como consequências a paralisia de parte do corpo, dificuldade para falar, desmaio, tontura e dor de cabeça, dependendo do local afetado.

Os derrames cerebrais podem ser do tipo:
- isquémico (o mais vulgar) - ocorre quando há perda do fluxo de sangue por um coágulo, por exemplo, ou
- hemorrágico - quando um vaso sanguíneo se rompe e provoca sangramento dentro do cérebro ou nas meninges.


Um estudo, conduzido por pesquisadores do Karolinska Institutet em Estocolmo, na Suécia, concluiu que as mulheres que adotaram cinco comportamentos simples tiveram uma queda de 54% no risco de sofrerem qualquer tipo de derrame e uma redução de 64% no risco de enfarte.

Analistas compararam os hábitos de vida auto-relatados de quase 32 000 mulheres suecas com uma idade média de 60 anos. Surpreendentemente, apenas 589 dessas mulheres foram capazes de aderir a hábitos de saúde que permitem reduzir o risco de AVC.



INFORMAÇÃO
5 Hábitos de saúde para reduzir o risco de derrame cerebral:

  • Alimentação saudável: uma dieta saudável envolve consumir mais frutas, legumes, peixe, grãos integrais e produtos lácteos com baixo teor de gordura, e pouca ou nenhuma carne vermelha, carne processada, laticínios integrais, alimentos açucarados, assados ​​e alimentos à base de farinha branca.
  • Exercício físico regular: Quarenta ou mais minutos por dia de atividade física moderada, combinados com uma hora ou mais por semana de atividade intensa é o ideal do exercício.
  • Abster-se de hábitos tabágicos: as pessoas que nunca fumaram são as que estão em melhor situação.
  • Consumir moderadamente bebidas alcoólicas: três a nove bebidas alcoólicas por semana, geralmente, é o intervalo aceitável para o consumo moderado;
  • Ter um peso adequado: um índice de massa corporal (IMC) abaixo de 25 é o objetivo.
"Como as consequências do AVC geralmente são devastadoras e irreversíveis, a prevenção primária é de grande importância", refere a autora do estudo Susanna Larsson,

Porque se deve importar com estes assuntos?

Dependendo do tipo de derrame cerebral, um sobrevivente pode ficar com paralisia parcial, perda de memória irreversível, problemas de visão e problemas de fala / linguagem. Há também vários outros efeitos colaterais inesperados que podem alterar drasticamente o comportamento e os níveis de energia de um indivíduo, bem como a sua qualidade de vida.

A boa notícia é que o risco de encontrar essas consequências catastróficas pode ser reduzido significativamente quando seguidas as dicas de estilo de vida mencionadas anteriormente. Mesmo adotando apenas um das dicas apresentadas - alimentação saudável, por exemplo - pode reduzir o risco de derrame até 13%.

Embora considere que não tem tempo nem energia para lidar com todos os cinco comportamentos saudáveis ​​de uma só vez, é importante ter em mente que mesmo medidas aparentemente pequenas podem ter um impacto enorme na sua saúde e bem-estar.



|Fonte:Agingcare.com|
partilhar linkedin pinterest

Autor
Prime Senior Editor
Categorias
Cuidado a idosos | Grau de dependência | Envelhecimento | Idosos
Para comentar deve efetuar login ou registar-se.