ENTRAR
registo | recuperar palavra-passe
x
Por favor preencha o seu email
Por favor preencha a sua password
Password e/ou email inválidos
Entrar com GOOGLE
0
PERGUNTA / PARTILHA
168
INFORMAÇÃO
1019
EVENTO
28
VALÊNCIA
1419
SERVIÇO
4959
PRODUTO
19
CONSULTOR
88
AVD's - Atividades de Vida Diária
Sidney Katz formulou um índice de atividades básicas necessárias para um idoso viver de forma independente em 1963. A escala (Índice de Katz) ainda é usada por alguns profissionais para avaliar o funcionamento e as necessidades de cuidados de longo prazo, em idosos.

As seis atividades da vida diária (AVD’s) são usadas como medidas para determinar o nível de atenção que um idoso requer e a sua elegibilidade para serviços e assistência.


INFORMAÇÃO
P.S. Domicilio

AVD’s: Quais são?
As atividades de vida diária enquadram-se em seis categorias de habilidades básicas necessárias para cuidar adequadamente de si mesmo. Cada categoria é avaliada quanto à capacidade de concluir, com segurança, essas tarefas sem orientação, supervisão ou assistência.

  1. Alimentação: o indivíduo é capaz de mover alimentos e bebidas com sucesso da mesa para a boca?
  2. Higiene Pessoal: o indivíduo consegue entrar e sair do banho sem assistência? O indivíduo é capaz de lavar totalmente seu corpo e cabelo?
  3. Vestuário: O indivíduo é capaz de escolher roupas adequadas e colocar e tirar esses itens, incluindo fixá-los e soltá-los adequadamente?
  4. Continência: o indivíduo pode manter o controle sobre micção e defecação?
  5. WC: O indivíduo é capaz de usar o WC, limpar os genitais e colocar as suas roupas?
  6. Transferências: o indivíduo é capaz de se deslocar de e para uma cadeira e cama sem a ajuda de outra pessoa? O uso de dispositivos auxiliares é aceitável.

A quantidade de assistência necessária para completar cada uma das atividades supramencionadas, é usada para determinar o nível de cuidado que um indivíduo requer e o que seu plano de cuidados deve acarretar. Por esse motivo, a maioria das entidades de cuidados geriátricos necessitam de uma avaliação das AVD’s como ponto de partida – só desta forma se consegue um plano de cuidados ajustado à pessoa que necessita deles.

As avaliações funcionais devem de ser feitas por profissionais com conhecimentos específicos na área.



|Fonte: Agingcare.com|
partilhar facebook twitter linkedin pinterest

Autor / responsável técnico / fornecedor
Prime Senior Editor
Categorias
Bem-estar | Dependência | Mobilizações e transferências | Problemas | Gerontólogos | Cuidado a idosos | Cuidados | Cuidadores | Grau de dependência | Envelhecimento | Gerontologia | Idosos
Para comentar deve efetuar login ou registar-se.