ENTRAR
x
Por favor preencha o seu email
Por favor preencha a sua password
Password e/ou email inválidos
Entrar com GOOGLE
0
Escolha uma categoria
PERGUNTA
176
INFORMAÇÃO
2115
EVENTOS
30
VALÊNCIAS
1419
SERVIÇOS
4960
PRODUTOS
26
CONSULTORES
88
INFOGRÁFICOS
ATIVIDADES
INFORMAÇÃO
Cuidadores – 13 Estratégias para controlar o stress
As demandas de uma pessoa que cuida de pessoas que estão a envelhecer pode resultar em muito stress. Se os cuidadores não forem cuidadosos, podem comprometer a sua própria saúde e bem-estar. Um estudo com cuidadores familiares constatou que o stress relacionado ao cuidador tem uma taxa de mortalidade 63% maior do que os não-cuidadores da mesma idade. O impacto do stress acaba por afetar a capacidade de fornecer cuidados - lembre-se que não pode cuidar de alguém se estiver doente.


INFORMAÇÃO
Existem várias razões pelas quais os cuidadores experimentam grandes quantidades de stress, portanto é importante saber identificar esta condição, para melhor agir com os cuidadores stressados.

Sinais de stress no cuidador
Depressão: os sintomas incluem tristeza constante, sentimentos de desesperança e aumento do choro;
Isolamento: pode ocorrer se já estiver deprimido. A pessoa pode não querer ver a família e os amigos, pode parar de participar em atividades que realizada e despertavam prazer;
Ansiedade: pode sentir-se ansioso para fazer as coisas, ou pode sentir que não tem tempo suficiente;
Raiva: pode começar a gritar com a pessoa que necessita de cuidados. Os cuidadores muitas vezes ficam com raiva dos seus entes queridos porque estão a sacrificar-se com as suas próprias vidas para cuidar deles. Sentir raiva dos familiares também é comum;
Perda de concentração: pode estar sempre a pensar na pessoa que necessita dos cuidados e em tudo que precisa fazer. Como resultado, tem dificuldade em se concentrar em casa ou no trabalho;
Mudanças alimentares: resulta em ganho ou perda de peso;
Insónia: pode sentir-se cansado, mas não consegue dormir. Pode acordar a meio da noite ou ter pesadelos e sonhos stressantes;
Beber ou fumar: pode achar que está a beber ou a fumar demais;
Problemas de saúde: pode ter gripes ou resfriados com mais frequência do que o habitual. Isso é particularmente comum em cuidadores que não cuidam de si mesmos, por não se alimentarem adequadamente, nem se exercitarem.

13 Estratégias para controlar o stress do cuidador
1. Faça uma pausa: fazer uma pausa é uma das melhores maneiras de reduzir o stress;
2. Procure conselhos: o cuidar é stressante. Procurar conselhos de outros cuidadores e de profissionais da área da Gerontologia ajuda a reduzir o stress. Pode usar a comunidade PrimeSenior para procurar e dar conselhos;
3. Defina limites: diga "não" aos pedidos que estão a causar stress;
4. Aceite as limitações: perdoe-se pelas suas imperfeições. Não existe um cuidador "perfeito";
5. Identifique o que pode e o que não pode mudar: não pode mudar o comportamento de outra pessoa, mas pode mudar o modo como reage com ela. Não se debruce sobre as coisas que não pode mudar, concentre-se em seguir em frente;
6. Defina metas realistas: divida as tarefas em etapas menores e que possa fazer de uma só vez;
7. Organize-se: priorize, crie listas e estabeleça uma rotina diária;
8. Comunique: mantenha contato com a família e amigos para pedir ajuda;
9. Procure apoio: participe em grupos de apoio para cuidadores. Poderá usar a comunidade PrimeSenior, como um grupo de apoio com várias pessoas e com várias experiências;
10. Mantenha-se ativo: faça pequenos passeios/ caminhadas, para além de se exercitar ajuda a dormir melhor;
11. Olhe pela sua própria saúde: consulte seu médico regularmente, se não for mais para realizar exames de rotina;
12. Ria: mantenha o seu senso de humor e adote pensamento positivo.
13. Utilize os recursos da comunidade: saiba mais sobre os recursos para cuidadores junto das autarquias locais.

Lembre-se que cuidará melhor dos outros quanto melhor cuidar de si, portanto cuide-se!



|Fonte: Agingcare.com|
partilhar linkedin pinterest

Autor
Prime Senior Editor
Categorias
Bem-estar | Cuidado a idosos | Cuidados | Cuidadores | Envelhecimento | Gerontologia | Idosos
Para comentar deve efetuar login ou registar-se.