ENTRAR
x
Por favor preencha o seu email
Por favor preencha a sua password
Password e/ou email inválidos
Entrar com GOOGLE
0
Escolha uma categoria
PERGUNTA
181
INFORMAÇÃO
4589
EVENTOS
31
VALÊNCIAS
1419
SERVIÇOS
4958
PRODUTOS
26
CONSULTORES
89
INFOGRÁFICOS
ATIVIDADES
INFORMAÇÃO
Dicas para estender a independência de um idoso em casa
A maioria das pessoas coloca a sua independência entre as coisas que são mais importantes para elas. As crianças pequenas orgulham-se do dia em que aprendem a amarrar os cordões, os adolescentes desejam o dia passar no teste de condução e os mais velhos anseiam manter a sua independência, o maior tempo possível.

Infelizmente, à medida que se envelhece, às vezes, tem que se lutar para se permanecer independente. Aqueles que cuidam de uma pessoa envelhecida, provavelmente, estão familiarizados com essa luta “pelo poder”. Pode ser necessário um pouco de criatividade e persuasão para ajudar um idoso a permanecer seguro e independente em casa, neste sentido, são apresentadas algumas dicas fáceis, que um cuidador pode usar.


INFORMAÇÃO
Incentivar o uso de checklist/ listas de verificação
As listas de verificação são um recurso valioso em qualquer idade. Eles são ainda mais importantes para aqueles que têm memórias “fragilizadas” e para aqueles que têm mentes tão cheias de outras informações que não conseguem lembrar-se de pequenas tarefas ou compromissos.

Se observar um padrão de pequenas tarefas incompletas ou negligenciadas todas as vezes que visitar a pessoa idosa, forneça-lhes uma lista de tarefas que podem manter a casa em bom estado. Talvez essas coisas tenham sido importantes para eles no passado, como regar plantas, gravar um programa de TV ou outras rotinas diárias que agora são facilmente esquecidas.

Mostre-lhes como marcar uma tarefa quando ela estiver concluída e peça para verem cada tarefa da lista antes da próxima. Isso não os lembra apenas de lavar a roupa, limpar o pó e a loiça, também traz as suas limitações à superfície e ajuda a acompanhar as mudanças graduais nas suas habilidades ao longo do tempo.

Na plataforma primesenior.com encontra uma grande variedade de listas de verificação, com objetivos vários.

Fornecer o equipamento necessário

Há uma grande variedade de utensílios domésticos disponíveis para facilitar a vida da população sénior. Informe-se sobre o que o idoso considera serem as suas restrições e pesquise o que está disponível para o ajudar a contornar essas mesmas limitações. É importante manter uma perspetiva realista e não tirar conclusões precipitadas. Como família, eles confiam e querem que essa ajuda mantenha a sua independência na sua própria casa, pelo maior tempo possível.

Recursos úteis para a vida diária que podem ajudar um idoso a cuidar da sua casa incluem ferramentas, maçanetas, puxadores de torneiras, controles remotos, relógios e telefones com números grandes para facilitar a visibilidade, entre outros. Pode encontrar alguns produtos na loja PrimeSenior, na plataforma primesenior.com. Caso necessite de ajuda para escolher o produto mais indicado, use o formulário de contato disponível.

Fazer visitas regularmente
Se um idoso não estiver a lidar particularmente bem, com a sua falta de habilidades, o problema deverá ser resolvido rapidamente e com a devida consciencialização. Tente visitá-lo sempre que a sua agenda permitir e não deixe espaço demais entre as visitas. Se visitar uma hora todas as manhãs e uma hora todas as noites, quaisquer problemas serão facilmente percebidos, em vez de fazer uma visita de 6h duas vezes por semana. Visitas muito afastadas também abrem a possibilidade de situações mais graves não serem resolvidas, como queda, ferimentos, reparos domésticos urgentes, etc.

Envolver os vizinhos
É provável que descubra que os jovens da sua vizinhança ficarão felizes em ajudar nas tarefas básicas ou, pelo menos, ficar de olho na casa à distância. O problema é que muitas pessoas mais velhas não se relacionam muito com os seus vizinhos mais jovens e vice-versa, deixando esses membros da comunidade sem ideia de que alguém poderia precisar do seu apoio. Um simples pedido de ajuda ao fornecer informações de contato aos vizinhos, pode impedir uma situação potencialmente perigosa e que pode passar despercebida.

Em nome deles, visite um vizinho mais jovem e apresente-lhe a situação. Não peça ao vizinho que faça tarefas domésticas. Em vez disso, pergunte se ele cuidará da pessoa em causa, quando for lhe for conveniente.

Considerar a ajuda profissional
Se uma pessoa idosa tiver condições para se manter na sua habitação, a contratação de um cuidador ou empresa de apoio domiciliário pode permitir que eles aproveitem a vida em casa com menos responsabilidade.

A contratação de um cuidador profissional em casa pode reduzir a pressão, enquanto ajuda os idosos a manter a sua independência.

Lembre-se de considerar as circunstâncias únicas e individuais à medida que a necessidade de assistência aumenta. Haverá um momento em que é provável que sejam necessários arranjos alternativos para o benefício de todos os envolvidos. Até lá, permita que eles mantenham o máximo de liberdade possível na sua própria casa.



|Fonte: Agingcare.com|
partilhar linkedin pinterest

Autor
Prime Senior Editor
Categorias
Ajudas Técnicas | Bem-estar | Dependência | Mobilidade reduzida | Quedas | Dor | Problemas de memória | Problemas | Apoio da Comunidade | Cuidado a idosos | Cuidados | Cuidadores | Demência | Grau de dependência | Envelhecimento | Envelhecer em Casa | Gerontologia | Idosos
Para comentar deve efetuar login ou registar-se.