ENTRAR
x
Por favor preencha o seu email
Por favor preencha a sua password
Password e/ou email inválidos
Entrar com GOOGLE
0
Escolha uma categoria
PERGUNTA
176
INFORMAÇÃO
2115
EVENTOS
30
VALÊNCIAS
1419
SERVIÇOS
4960
PRODUTOS
26
CONSULTORES
88
INFOGRÁFICOS
ATIVIDADES
INFORMAÇÃO
Doente de preocupação: como os pensamentos afetam a sua saúde
Se a sua mente e o seu corpo estão constantemente no limite por causa do stress excessivo na sua vida, pode enfrentar sérios problemas de saúde. O stress emocional crónico pode afetar praticamente todos os sistemas orgânicos de maneira negativa.


INFORMAÇÃO
Está demonstrado que o stress prolongado causa inúmeros problemas de saúde, incluindo:

  • Enfraquecimento do sistema imunológico, aumentando a probabilidade de gripe ou outras infeções;
  • Pressão alta;
  • Dor de estômago, úlceras e refluxo ácido;
  • Ansiedade;
  • Aumento do batimento e palpitações cardíacas;
  • Ataques de pânico;
  • Problemas cardiovasculares;
  • Aumento dos níveis de açúcar no sangue;
  • Problemas intestinais;
  • Dores nas costas;
  • Dores de cabeça;
  • Problemas de sono;
  • Síndrome da fadiga crónica;
  • Problemas respiratórios;
  • Piora de algumas condições da pele, como eczema.

Como controlar o stress do cuidador?
O stress não é simplesmente uma função do que faz, também é uma função de como reage. Na Primesenior.com existem muitas informações sobre como lidar com o stress:

3 Maneiras de prevenir o stress e desgaste do cuidador
Existem formas de prevenir o stress e evitar situações constrangedoras.

10 Sinais de stress no cuidador
O primeiro passo para lidar com o stress do cuidador é reconhecer os sinais.

Opções de terapeutas de baixo custo que ajudam os cuidadores a lidar com o stress
Não há necessidade de gastar muito dinheiro ou tempo para melhor lidar com o stress.

5 Maneiras de usar um diário e reduzir o stress do cuidador
Um simples diário pode ajudar a reduzir o stress e a sentir-se melhor.

5 formas para reduzir, instantaneamente, o stress dos cuidadores
Tarefas diárias que diminuem instantaneamente o seu nível de estresse.

A razão número um de doenças em cuidadores
Stress e preocupação podem deixá-lo fisicamente doente. O stress é uma panela de pressão: deixada sem assistência, ela transborda. Está comprovado que o stress e a preocupação afetam a sua saúde física e podem até encurtar a sua vida útil.

O stress severo e crónico tem um custo físico e pode danificar o seu corpo de várias maneiras - desde o coração ao sistema imunológico. Os sintomas de stress podem estar a afetar a sua saúde, mesmo que não se aperceba. Pode pensar que a doença é a responsável por essa dor de cabeça incómoda ou dor de estômago. Mas o culpado pode ser stress.

Como o stress afeta o corpo?
O corpo humano tem um "sistema de alarme de stress" natural que alerta e responde aos perigos e ameaças percebidos.

Quando encontra ameaças percebidas, o seu hipotálamo (uma região na base do seu cérebro) aciona um sistema de alarme no seu corpo. Através de uma combinação de sinais nervosos e hormonais, esse sistema solicita às suas glândulas supra-renais, localizadas perto dos rins, um aumento de hormonas, incluindo adrenalina e cortisol.

A adrenalina aumenta a sua frequência cardíaca, eleva a sua pressão sanguínea e aumenta o suprimento de energia. O cortisol, a hormona do stress primário, aumenta os açúcares na corrente sanguínea, melhora o uso de glicose no cérebro e aumenta a disponibilidade de substâncias que reparam os tecidos. O cortisol parece "afinar" o sistema imunológico e torná-lo menos capaz de combater infecções, além de suprimir o sistema digestivo, o sistema reprodutivo e os processos de crescimento.

Quando os stressores da sua vida estão sempre presentes, deixando-o constantemente stressado, tenso ou nervoso o seu sistema de resposta ao stress está sobrecarregado. A ativação a longo prazo do sistema de resposta ao stress pode atrapalhar quase todos os processos do seu corpo.



|Fonte: Agingcare.com|
partilhar linkedin pinterest

Autor
Prime Senior Editor
Categorias
Bem-estar | Dicas/ conselhos | Apoio a cuidadores | Cuidadores | Envelhecimento | Gerontologia | Idosos
Para comentar deve efetuar login ou registar-se.