ENTRAR
registo | recuperar palavra-passe
x
Por favor preencha o seu email
Por favor preencha a sua password
Password e/ou email inválidos
Entrar com GOOGLE
INFORMAÇÃO
1113
CONSULTOR
86
TÉCNICO AUXILIAR
226
EQUIPAMENTO SOCIAL
1412
SERVIÇO
4731
PRODUTO
9
EVENTO
25
Envelhecimento e problemas de memória
Alguma vez já teve dificuldade em recordar-se de uma palavra ou um nome? Já se preocupou com a deterioração mental ou a doença de Alzheimer?

A maioria das pessoas tem essas preocupações. A questão é: “O que faz parte do processo normal de envelhecimento e o que pode tornar-se numa doença progressiva e debilitante”?



INFORMAÇÃO
P.S. Idoso - Medica

A memória …

As memórias são armazenadas no cérebro. À medida que o cérebro vai envelhecendo e vai armazenando cada vez mais informação, o acesso às mesmas já não se processa de forma tão rápida e simples, como antes.

Processos fisiológicos como fadiga, fome, má nutrição, álcool, drogas e doenças afetam a capacidade de recordar. O estado emocional de alguém - se está relaxado, feliz e contente - também ajuda a melhorar a acuidade mental. Estar numa situação social confortável, em oposição a ficar pouco à vontade ou em confronto, também afeta as habilidades mentais e as lembranças de alguém.

O ambiente tem interferência na memória, portanto organizar-se, usar dispositivos auxiliares, como calendários, listas de contatos, dispositivos portáteis, etc., pode fazer uma grande diferença na forma como a mente e memória funcionam.

Manter a mente ativa ao aprender continuamente, ler e jogar jogos que exigem habilidade intelectual, também é excelente.


Quando se deve preocupar? Quando deve começar a preocupar-se em relação à perda de memória?


A perda de memória grave, geralmente, começa com a incapacidade de recordar eventos recentes, mas com a preservação da capacidade de recordar eventos ocorridos há anos atrás.

Quando a perda de memória começa a afetar a capacidade de realizar as atividades de vida diária, como encontrar o caminho para um lugar familiar ou realizar uma tarefa que anteriormente poderia fazer com facilidade e agora não, significa precisa de se preocupar. Se já foi bom na cozinha com receitas ou prático com reparos e agora não consegue, mesmo quando as condições são ótimas, então, muito provavelmente, tem um problema e deve procurar ajuda. Outros sinais de alerta incluem ter dificuldade para aprender, repetir as mesmas frases ou histórias na mesma conversa, problemas em lidar com dinheiro, problemas na capacidade verbal ou não conseguir realizar atividades diárias. Todos os indicadores enumerados são indicadores de um problema que precisa ser reconhecido e abordado por profissionais de saúde com conhecimentos para tal.

A doença de Alzheimer, entre outro tipo de doenças, produz uma anormalidade do cérebro caracterizada pela perda progressiva da função mental com alterações físicas associadas. Infelizmente, a incidência da doença de Alzheimer multiplica-se a cada cinco anos após os 65 anos.




|Fonte: AgingCare.com|
partilhar

Autor / responsável técnico / fornecedor
Prime Senior Editor
Categorias
Cuidado a idosos | Cuidadores | Dependência | Envelhecimento | Gerontologia | Idosos