ENTRAR
registo | recuperar palavra-passe
x
Por favor preencha o seu email
Por favor preencha a sua password
Password e/ou email inválidos
Entrar com GOOGLE
INFORMAÇÃO
1113
CONSULTOR
86
TÉCNICO AUXILIAR
226
EQUIPAMENTO SOCIAL
1412
SERVIÇO
4731
PRODUTO
9
EVENTO
25
Planear o fim de vida – 7 pontos importantes
A morte é algo inevitável a todos os seres humanos e a única certeza que existe quando estes seres nascem. À medida que os anos vão passando, a morte tende a ser encarada como um assunto “normal” e são cada vez mais as pessoas que preparam o seu próprio funeral.

Quando as pessoas não preparam o seu funeral, esta é uma tarefa que passa para a responsabilidade dos familiares mais diretos, quando a morte ocorre. Em momento de grande tristeza ter que tratar de assuntos fúnebres de uma terceira pessoa, sem saber quais eram os seus desejos pode gerar frustração. Neste sentido, é importante falar-se abertamente da morte, bem como das vontades de cada um. Para ajudar, encontram-se, de seguida, 7 pontos importantes.




INFORMAÇÃO
P.S. - Funeral

1.Tome consciência dos desejos e vontades
Como gostaria de ser lembrado (a)? A melhor maneira de personalizar um funeral é incentivar as pessoas a planeá-lo com bastante antecedência.

O serviço de funeral ou cremação de uma pessoa deve refletir os seus desejos e trazer conforto para a família e amigos. Hoje em dia, não há dois serviços iguais. Vídeos, fotografias, músicas, leituras especiais e o envolvimento de familiares e amigos são tarefas possíveis de se realizar. Planear o funeral permite pensar-se sobre as várias opções num ambiente livre de pressão e pensar sobre essas decisões. Neste sentido, quem planeia tem o controle total e pode selecionar e/ou especificar os serviços que são significativos.

2. Registe tudo
Muitas pessoas pensam que planear o fim de vida se resume à realização do testamento ou até mesmo comprar um lote de terreno no cemitério, mas esses preparativos não garantem que os desejos da pessoa sejam cumpridos.

Quando um funeral ou serviço de cremação não é planeado com antecedência, todas essas decisões podem recair sobre alguém que não está ciente das preferências do falecido. O planeamento garante que os desejos do da pessoa sejam conhecidos. Certifique-se de que todos os desejos são registados por escrito e discutidos com os membros da família, bem como com um advogado. Mantenha uma pasta com cópias deste documento e outros documentos importantes, em local que seja facilmente acessível aos demais membros da família.

3.Envolva pessoas que lhe são próximas
Os serviços fúnebres são uma parte importante do processo de luto para familiares e amigos. O serviço oferece a oportunidade para estes expressarem a sua dor, partilhar memórias, (…). Ao planear a forma como uma última homenagem será prestada, as opiniões e desejos dos membros da família devem ser levados em consideração.

Envolver as pessoas mais próximas neste processo pode promover paz de espírito e uma sensação de alívio.

4.Decida de que forma será feita a última homenagem
Esta é uma decisão muito pessoal que é influenciada pela fé e pelas crenças de cada indivíduo. O enterro é a escolha mais usual, mas existem outras opções.

5. Defina qual o valor que pretende gastar
Os custos das várias opções de “funeral” podem variar consideravelmente de um lugar para outro. Certifique-se de escolher uma funerária que apresente os preços de forma clara e simples, e obtenha uma lista de preços detalhada para os vários produtos e serviços que pretende. Cabe à própria pessoa decidir quanto quer gastar.

6. Informe-se sobre a inflação de preços
O custo dos produtos e serviços podem sofrer alterações. Informe-se acerca do assunto, bem como da possibilidade de efetuar um pré-pagamento para garantir que o valor não “fuja” muito do que é esperado.

7. Procure ajuda de um profissional
Organizar um funeral ou serviço de cremação pode parecer simples, mas é uma tarefa complexa e que pode gerar muitas dúvidas. Procure ajuda de um profissional para que lhe sejam explicadas todas as opções disponíveis e ajudar na tomada de decisão. Eles também podem fornecer orientações, passo a passo, ao longo do processo de preparação de um funeral ou serviço de cremação.


|Fonte: AgingCare.com|
partilhar

Autor / responsável técnico / fornecedor
Prime Senior Editor
Categorias
Cuidado a idosos | Envelhecimento | Gerontologia | Idosos